null: nullpx
entretenimento-Zappeando

CEO da T4F se desculpa seis dias após morte de fã em show de Taylor Swift no Rio de Janeiro

Dizendo ter oferecido apoio à família de Ana Clara Benevides, ele reforçou as novas medidas da companhia para eventos
Publicado 23 Nov 2023 – 10:01 AM EST | Atualizado 23 Nov 2023 – 10:01 AM EST
Compartilhar
Default image alt
Serafim Abreu, CEO da T4F, empresa responsável pelos shows de Taylor Swift no Brasil Crédito: Reprodução/Instagram (@t4f) | MICHAEL TRAN/Getty Images

Seis dias após a morte de Ana Clara Benevides no primeiro show da cantora Taylor Swift no Rio de Janeiro, o CEO da T4F, empresa responsável pelo evento, se pronunciou. No Instagram da companhia, Serafim Abreu lamentou o ocorrido, bem como as experiências ruins relatadas por outros fãs da cantora - e, no vídeo, declarou apoio à família de Ana Clara.

CEO da T4F se manifesta sobre morte em show de Taylor Swift


Diante da morte ocorrida no primeiro show da The Eras Tour, turnê de Taylor Swift, no Brasil, e de relatos de queimaduras, calor extremo e atendimento de saúde mal organizado, o CEO da T4F, Serafim Abreu, se pronunciou. A fala de Abreu vem seis dias após a morte de Ana Clara, ocorrido lamentado por ele na nota.


“Estamos absolutamente desolados, muito tristes com a perda da jovem Ana Clara, apesar do pronto atendimento e de todos os esforços realizados pelas equipes médicas no evento e no hospital”. Disse ele, oferecendo suporte à família.

“À família de Ana Clara, quero expressar os nossos mais sinceros sentimentos. Coloco aqui, agora publicamente, a nossa disposição em prestar assistência no que for necessário, como já dissemos diretamente para os membros da família e para o advogado que os representa por telefone e por escrito desde o ocorrido”, afirmou.

Além disso, o CEO da empresa ainda mencionou a onda de calor enfrentada nas últimas semanas como algo sem precedentes que atrapalhou a organização usual dos eventos.


“Nós sabemos a enorme responsabilidade que temos ao organizar um evento deste porte, por isso não economizamos esforços e recursos para seguir sempre as melhores práticas mundiais do setor, para garantir conforto e segurança para todos . Ainda assim, nós enfrentamos dias de calor extremo no último final de semana no Rio de Janeiro, com uma sensação térmica altíssima e sem precedentes”, pontuou;

Na sequência, Abreu reconheceu que, mesmo assim, a empresa poderia ter feito adaptações na estrutura para garantir conforto aos fãs, que reclamaram de o estádio Nilton Santos, o Engenhão, teve seus vãos de ventilação vedados com tapumes.


“Reconhecemos que poderíamos ter tomado algumas ações alternativas adicionais a todas as outras que fizemos, como por exemplo criar locais de sombra nas áreas externas, alterar o horário dos shows inicialmente programados e enfatizar mais a permissão de ingressar com copos de água descartáveis. Esse aprendizado nos fez incorporar novas práticas para eventos em dias de calor extremo”, disse.

Em seguida, o CEO da T4F reforçou a necessidade de o setor repensar as práticas padrão devido ao aquecimento global, pediu desculpas pela demora em se pronunciar (justificando-a com a pressa em colocar novas ações em prática para os próximos shows) e garantiu que a experiência dos fãs será diferente nas próximas apresentações da turnê.


“Quero também assegurar a todos os fãs que irão aos shows da Taylor Swift em São Paulo que estamos trabalhando para proporcionar uma noite emocionante e memorável. Para os shows no Allianz Parque, seguimos o novo posicionamento das autoridades, está permitida a entrada de garrafas flexíveis, além dos copos de água descartáveis que sempre foram liberados”, concluiu.

Entretenimento

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse