null: nullpx
K-pop

Últimos integrantes do BTS a entrar no exército iniciam processo: "caçula" já se despediu

Em breve, Jimin, V, RM e Jungkook cumprirão o serviço militar obrigatório - assim como Jin, Suga e J-Hope
Publicado 22 Nov 2023 – 03:08 PM EST | Atualizado 22 Nov 2023 – 03:08 PM EST
Compartilhar
Default image alt
V, Suga, Jin, J-Hope, RM, Jimin e Jungkook Crédito: Jon Kopaloff/Getty Images

Após Kim Seokjin, Min Yoongi e Jung Hoseok, mais conhecidos como Jin, Suga e J-Hope, do BTS, se ausentarem do mundo artístico para cumprir o serviço militar obrigatório, chegou a vez dos outros quatro integrantes do grupo se alistarem.

BTS no exército: integrantes restantes anunciam alistamento


Na noite da última terça-feira (21), a BigHit, empresa que agencia a carreira do septeto, anunciou que Jimin, Taehyung (V), Namjoon (RM) e Jungkook, membros do BTS, deram início ao processo de alistamento - e após o comunicado, que surpreendeu os fãs, um dos quatro integrantes já se pronunciou.


Desde dezembro de 2022, quando Jin deu início ao processo de alistamento obrigatório, o BTS não está completo. Os seis integrantes restantes vinham promovendo atividades solo e, na sequência, os rappers J-Hope e Suga fizeram o mesmo.

Agora, porém, os quatro integrantes restantes vão de uma vez começar o processo, conforme avisado pela BigHit Music.

A notícia foi dada pela empresa em uma nota. “Gostaríamos de informar nossos fãs que RM, Jimin, V e Jungkook iniciaram o processo de alistamento militar. Os artistas estão se preparando para cumprir as funções deles no serviço militar. Nós informaremos vocês sobre futuras atualizações no processo”, diz o comunicado.


Agora, os quatro idols sul-coreanos têm pela frente cerca de um ano e meio de serviço militar para cumprir a partir do momento em que finalizarem o processo de alistamento - e o caçula, Jungkook, já se pronunciou sobre suas expectativas.

Na rede social Weverse, ele escreveu uma carta ao ARMY, nome pelo qual o fandom do BTS é conhecido, agradeceu pelo amor dos fãs, relembrou a trajetória e fez ainda um pedido. “Enquanto compartilho essa notícia, parte do meu coração fica pesada, enquanto a outra relembra as preciosas memórias com o ARMY, meu coração se aquece. Todo o tempo que tive com o ARMY até agora foram meus momentos mais brilhantes”, disse, fazendo uma promessa.


“Peço que vocês esperem por mim enquanto presto meu serviço militar. Um ano e seis meses é um tempo longo, então apesar de eu não poder pedir algo tão egoísta, prometo que após retornar subirei ao palco onde sempre estive, mas mais crescido. Espero que a vida do ARMY fique cheia de risadas e felicidade, que transborde beleza. Vou aguardar pelo dia em que nos encontraremos de novo e compartilharemos novas histórias. Vou sentir profundamente a falta de vocês”, concluiu.

A volta do BTS como um grupo completo está prevista para acontecer somente em 2025;

Entretenimento

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse