null: nullpx
Famosos-Zappeando

Por que os integrantes do BTS não obtiveram isenção do serviço militar?

Três dos sete membros já foram para o exército e a previsão é de que todos os outros sigam para o alistamento ainda neste ano
Publicado 14 Out 2023 – 12:00 PM EDT | Atualizado 14 Out 2023 – 12:01 PM EDT
Compartilhar
Default image alt
Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Kim Seokjin (Jin), Jeon Jungkook, Kim Namjoon (RM), Park Jimin e Jung Hoseok (J-Hope) Crédito: Amy Sussman/Getty Images

Na Coreia do Sul, o serviço militar é obrigatório e não dispensa nem as celebridades nativas. É por isso que os integrantes do grupo de k-pop BTS já começaram a se alistar.


Atualmente, três dos sete membros já foram para o exército e, de acordo com a Big Hit Music, empresa responsável pela banda, a previsão é de que todos os outros sigam ainda neste ano para o cumprimento da obrigação ao país.

BTS no serviço militar obrigatório


O serviço militar é obrigatório na Coreia do Sul e, naquele país, todos os homens devem se alistar entre os 18 e 28 anos, especialmente por causa da constante tensão e da ameaça de conflito com a Coreia do Norte.


Como o alistamento não é uma escolha e a lei se aplica a todos, os integrantes do BTS que estão dentro dessa faixa etária terão que cumprir as obrigações com o exército.

O membro mais velho da banda, Kim Seokjin, conhecido por Jin, foi o primeiro a se alistar no exército, em dezembro de 2022. Em fevereiro de 2023, foi a vez de J-Hope (Jung Hoseok) entrar para o exército. Suga (Min Yoon-gi) foi o terceiro integrante do BTS a se alistar no exército, em setembro deste ano.


Como o período de tempo de prestação do serviço militar é de cerca de um ano e meio, o grupo BTS só deverá ficar completo novamente em meados de 2025.

BTS no exército

Compartilhar
RELACIONADO:Famosos-ZappeandoK-pop

Mais conteúdo de interesse