null: nullpx
televisão-Zappeando

Rodrigo Bocardi rebate acusação de assédio com repórter de matinal: "Foi uma brincadeira"

Âncora foi criticado por expor colega ao vivo no "Bom dia São Paulo" e lamentou comentário de telespectadora
Publicado 24 Ago 2022 – 09:54 AM EDT | Atualizado 24 Ago 2022 – 09:54 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
Rodrigo Bocardi e Alessandro Jordar no "Bom Dia SP" Crédito: Reprodução/Globoplay

Durante o "Bom Dia São Paulo" desta quarta-feira (24), Rodrigo Bocardi rebateu o comentário de uma telespectadora que o acusou de praticar assédio moral com Alessandro Jordar, responsável pelo quadro esportivo, quando o âncora aproveitou para esclarecer que a interação que gerou polêmica entre eles não passou de "uma brincadeira". Entenda!

Rodrigo Bocardi rebate acusação de assédio moral com repórter

Tudo aconteceu no quadro do desafio do PVC do dia, quando Bocardi interage diretamente com Jordar sobre perguntas que envolvem o futebol, mas optou, durante o programa ao vivo desta quarta (24), por pedir a ajuda do público para responder um desafio, sendo questionado pelo repórter sobre quem seriam os escolhidos da vez.

"Para galera com a #BDSP. Escolhe um aqui, e eles me ajudam. Já que vocês aumentaram para cinco [alternativas], eu me sinto em condições desfavoráveis no exercício de um raciocínio agora ou de um chute. O que você acha? Eu tô tentando criar algum elemento que faça com que tenhamos a manutenção desse Desafio do PVC", alegou Bocardi.

O âncora já tinha sugerido que fosse feito algo mais criativo, deixando de ser apenas "verdadeiro ou falso", expondo sua opinião para a equipe do "Bom Dia São Paulo": "E vocês não entregaram aquilo que eu imaginava, que eu esperava. Vieram com o mesmo desafio com cinco possibilidades de resposta".

"Tem um amigo meu que diz um negócio que eu acho muito sábio. Quando o chefe fala com ele assim, ele pergunta de volta: 'é um pedido ou uma ordem?'", respondeu Jordar. "Não, eu não ordeno nada aqui. Eu sigo as ordens de vocês. A gente estabelece só uma discussão", retrucou Bocardi.

Para quebrar um pouco do climão, Jodar aceitou que o jornalista pedisse a ajuda do público de casa. Depois de encerrado o desafio esportivo, o âncora separou um tempo para ler as mensagens dos internautas e ficou sensibilizado com uma telespectadora que o acusou de assédio moral por expor o repórter.

"Tem uma mensagem da Tatá que eu li aqui e fiquei triste com o que ela falou. Mas eu tenho certeza que você [Jodar] não a reconhece como verdadeira", lamentou. "Constrangedora essa cena. O Bocardi já ouviu falar em assédio moral? Exatamente o que ele faz com o repórter do Esporte ao lado dele. Pra que expor ao vivo o profissional?", continuou.

"Magina", negou Jordar. "Não cai nessa". O jornalista, então, abraçou o colega de profissão, negando que exista qualquer tipo de desentimento entre os dois: "Vou te dar um beijo, Jodar. Puts. Tatá, um beijo pra você. Jodar manda outro. Nós nos amamos".

"Eu não caio na pilha, e você vai cair. Não, é tranquilo", continuou o repórter, fazendo Bocardi se lamentar pela proporção que os comentários tomaram na web. "Uma brincadeira", garantiu o âncora para o público do matinal.

Programas da Globo

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse