null: nullpx
filmes-Zappeando

Anitta recusou teste em filme vencedor do Oscar de Steven Spielberg: "Eu não tinha talento"

A cantora se arrepende de ter deixado passar a chance de estar em sucesso e garante que, se fosse agora, faria tudo diferente
Publicado 6 Jun 2022 – 11:21 AM EDT | Atualizado 6 Jun 2022 – 11:22 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
Anitta e Steven Spielberg Crédito: MARIA ALEJANDRA CARDONA/AFP via Getty Images, Frazer Harrison/Getty Images

Já imaginou? Anitta revelou ter sido convidada para fazer um teste para um filme produzido por ninguém menos que Steven Spielberg, mas recusou a oportunidade, disposta a focar mais na carreira musical, onde já alcançou o tão sonhado reconhecimento internacional. A cantora deu detalhes durante entrevista ao "Fantástico".

Anitta recusou convite de Steven Spielberg para filme premiado

Ao mostar a estátua que ganhou no Madame Tussauds de Nova York, Anitta posou ao lado da arte em cera do diretor conceituado e revelou: "Vocês acreditam que eu fui chamada para fazer uma audição para um filme dele?".

O papel em questão seria para o musical "Amor, Sublime Amor", que recebeu sete indicações ao Oscar, produzido como remake do musical lançado em 1957 na Broadway. A trama conta até com uma personagem chamada Anita.

Durante aparição no "Fantástico", Anitta confessou não ter comparecido às audições, mas também por falta de tempo, reforçando estar focada em explorar ao máximo o seu talento como cantora no momento.

"Estava muito focada na minha carreira de cantora, em fazer minha carreira internacional acontecer. E eu acho que, na vida, não dá pra gente agarra tudo ao mesmo tempo".

Um outro motivo que teria levado Anitta a não aceitar o convite de Spielberg foi o fato de que, mesmo já tendo atuado em algumas produções como atriz, ainda não se considerava pronta naquele momento.

"Eu achava que eu não tinha talento o suficiente para isso"


Por outro lado, agora que as portas internacionais estão abertas, Anitta garante que, se receber um convite similar, vai abraçar a oportunidade: "Hoje em dia, querido, se você me chamar de novo, eu vou, tá bom? Já estou me preparando, fazendo aula. Já tenho capacidade para fazer vários filmes".

"Amor, Sublime Amor", lançado em 2021, segue uma história de amor e rivalidade juvenil que se passa em 1957, com gangues lutando pelo controle do Upper West Side, quando Maria (Rachel Zegler) chega na cidade para um casamento arranjado com Chino (Josh Andrés Rivera), se apaixonando por outro.

Curiosidades sobre os famosos

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse