null: nullpx
filmes-Zappeando

Onde ver os filmes vencedores do Oscar 2023: "Tudo em Todo Lugar", "Pinóquio, "A Baleia" e mais

Em noite histórica, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas premiou os destaques do cinema do último ano
Publicado 13 Mar 2023 – 04:51 PM EDT | Atualizado 13 Mar 2023 – 04:51 PM EDT
Compartilhar
Default image alt
"Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo" Crédito: Diamond Filmes

Finalizando a temporada de premiações, o Oscar 2023 entregou as estatuetas para as maiores produções do cinema do último ano, de acordo com a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Dentre todos os indicados, "Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo" foi o maior destaque, levando 7 das 11 indicações que receberam. Além dele, "A Baleia", "Nada de Novo no Front" e "Pinóquio" se destacaram. Confira onde assistir a todos os vencedores.

Onde ver

os vencedores do Oscar 2023

"Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo"


Vencedor de sete categorias do Oscar, o longa de Daniel Kwan e Daniel Scheinert foi o maior nome da noite, arrematando as principais categorias. "Tudo em Todo Lugar" recebeu a estatueta de Melhor Filme, Melhor Atriz, Melhor Direção, Melhor Montagem, Melhor Roteiro Original, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Ator Coadjuvante.


  • Onde ver: Amazon Prime Video

"Pinóquio"

Encantador desde que foi disponibilizado ao público, o "Pinóquio" de Guilherme del Toro conquitou a categoria de Melhor Animação, desbancando filmes como "O Gato de Botas 2" e "Red: Crescer é uma Fera".


  • Onde ver: Netflix

"A Baleia"


Uma das produções mais comentadas mesmo antes de seu lançamento, o grande retorno de Brendan Fraser fez com que sua excelente atuação fosse reconhecida com o prêmio de Melhor Ator, além de a produção arrematar a estatueta de Melhor Maquiagem/Penteado.


  • Onde ver: em cartaz nos cinemas

"Navalny"

Contemplado pela categoria de Melhor Documentário, o longa produzido por Daniel Roher conta a história de Alexei Navalny, um dos opositores do regime de Putin, na Rússia, que foi preso e provocou grande resposta popular.


  • Onde ver: HBO Max

“Avatar: O caminho da Água”

Um dos grandes lançamentos do último ano, depois de mais de dez anos de espera, o longa de James Cameron levou a estatueta de Melhores Efeitos Visuais.


  • Onde ver: em cartaz nos cinemas

"Entre Mulheres"

Um dos mais recentes lançamentos, o longa de Sarah Polley se destacou na categoria de Melhor Roteiro Adaptado. Inspirado no livro homônimo da autora Miriam Toews, "Entre Mulheres" conta a história real de mulheres de uma comunidade religiosa isolada na Colômbia que descobriram serem drogadas e vítimas de abusos sexuais.


  • Onde ver: em cartaz nos cinemas

“Top Gun: Maverick”


Outra continuação tardia que conquistou o público, a volta de Tom Cruiser para o papel trouxe novas emoções, que proporcionaram ao filme o prêmio de Melhor Mixagem e Som.


  • Onde ver: Paramount+ e Telecine

"Nada de Novo no Front"

Outro destaque da premiação, o longa alemão rendeu prêmios de Melhor Filme Internacional, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhor Trilha Sonora. A maneira bruta e real como retratam a Primeira Guerra Mundial foi o que fez o filme se tornar um verdadeiro fenômeno.


  • Onde ver: Netflix

“RRR: revolta, rebelião, revolução”

Longa indiano que chamou a atenção do público, assim como em outras premiações, "RRR" levou a estatueta de "Melhor Canção Original".


  • Onde ver: Netflix

"Como Cuidar de Um Bebe Elefante"

Com apenas 40 minutos, a produção de Kartiki Gonsalves levou o prêmio de Melhor Curta de Documentário.


  • Onde ver: Netflix

"Panteira Negra: Wakanda Para Sempre"


Filme que marcou a morte do personagem de Chadwick Boseman, a produção se destacou como Melhor Figurino e deixou um gostinho de quero mais com a derrota de Angela Basset no prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante.


  • Onde ver: Disney+

"O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo"

Levando o prêmio de Melhor Curta de Animação, o longa tem apenas 34 minutos e conta uma história sensível.


  • Onde ver: Apple TV

"An Irish Goodbye"

Vencedor do Melhor Curta, o filme de apenas 18 minutos e situado na Irlanda do Norte ainda não está disponível para ser assistido no Brasil.

Oscar 2023

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse