null: nullpx
filmes-Zappeando

"Cidade de Deus" ganha spin-off após 20 anos da estreia: curta mostra evolução de Buscapé

"Buscapé" foca na vida do protagonista após os acontecimentos do filme e sua amizade duradoura com Barbantinho
Publicado 12 Set 2022 – 12:39 PM EDT | Atualizado 12 Set 2022 – 12:39 PM EDT
Compartilhar
Default image alt
"Cidade de Deus" ganha spin-off em curta-metragem "Buscapé" Crédito: Divulgação

Mesmo passadas duas décadas de sua estreia, "Cidade de Deus" continua sendo considerado um tesouro nacional e ganhou um spin-off para chamar de seu. O curta-metragem levou o nome de "Buscapé" e foca, ao longo de 14 minutos, na vida do protagonista interpretado originalmente por Alexandre Rodrigues. Confira mais detalhes!

Curta-metragem de "Cidade de Deus": tudo sobre "Buscapé"

O projeto foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (12) como fruto de uma parceria inédita da Vivo com a Motorola e idealizado pela agência VMLY&R. Produzido pela O2 Filmes e dirigido por Fred Luz, o curta foi ambientado 20 anos após os acontecimentos do filme principal.

O spin-off foca na amizade de Buscapé e Barbantinho (Edson Oliveira), trazendo de volta os veteranos para os papéis, quando o protagonista retorna para a Cidade de Deus, agora como fotojornalista profissional, mudando os planos de cobrir um evento importante quando se depara com uma investigação bombástica.

"É com prazer que vejo esta história ser revisitada. Desta vez pelas mãos do Fred Luz, que colocou o foco no que há de positivo na comunidade, sua cultura, e não na violência", comentou Fernando Meirelles, que levou "Cidade de Deus" a receber 4 indicação ao Oscar, atuando como produtor do curta-metragem.

Fred Luz também reforçou a autonomia do spin-off frente ao longa e como procurou retratá-lo. "Nossa pretensão, nossa vontade, é que existisse essa "cola" mesmo, essa relação entre o 'Cidade de Deus' e o 'Buscapé", mas também construindo uma identidade proprietária para o curta".

"Ele não pode ser só um 'Cidade de Deus" refilmado agora, mas é o que muda de lá pra cá, como é que a gente olha para essa obra 20 anos depois e como a gente interpreta as escolhas. Mergulho muito intenso, de muito aprendizado e de muita escuta", explicou o responsável pelo projeto.

"Buscapé" está disponível no site da Vivo ou no canal da Vivo no YouTube, além de poder ser assistido na íntegra para assinantes do Vivo Play, trazendo de volta outros nomes da produção original, como César Charlone, Cecília Homem de Mello, Rodrigo Carvalho, Bia Salgado, Antonio Pinto e Christian Duurvoort.

O curta-metragem demandou cinco dias de preparação de elenco, três dias de teste para cabelo e maquiagem e quatro diárias de filmagem, com direito a 169 figurantes, todos empenhados em reativar a memória nostálgica do espectador que não superou o filme até hoje.

Estreias do cinema

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse