null: nullpx
Famosos-Zappeando

Sandra Annenberg esteve na primeira novela gravada e exibida pela Globo: era irreconhecível

Sandra Annenberg sempre sonhou em ser jornalista, mas antes fez história na teledramaturgia da Globo como atriz
Publicado 29 Abr 2022 – 01:55 PM EDT | Atualizado 29 Abr 2022 – 01:55 PM EDT
Reações
Compartilhar
Sandra Annenberg Crédito: Globo/Divulgação

Atualmente, Sandra Annenberg é conhecida como apresentadora de TV, mas nem todo mundo sabe que, antes de se dedicar à carreira jornalística, ela trabalhou como atriz. Sandra chegou a participar de várias produções da Globo, mas o destaque fica por conta da personagem Celeste, vivida em "Pacto de Sangue" (1989). A novela ficou marcada por ter sido a primeira totalmente gravada pela emissora antes de ir ao ar.

Carreira de Sandra Annenberg foi marcada por novelas

A carreira artística de Sandra começou bem cedo. Ainda pequena, aos seis anos, ela atuou na peça infantil "Um Dia Ideal Para os Peixes-banana". O fato da mãe ser produtora de teatro foi um incentivo extra para que a famosa chegasse aos palcos quando era bem novinha.

Além disso, Sandra acabou fazendo vários comerciais de TV, mas, na verdade, queria mesmo era ser jornalista. Em um vídeo da TV Globo, a apresentadora contou que não passou no vestibular na primeira vez e que, por isso, continuou trabalhando como atriz.

"Fui sendo atriz, fiz a Escola Dramática de São Paulo, mas só o comecinho porque logo eu comecei a trabalhar e tive que abandonar o curso. E fui tocando a vida como atriz. Até que teve um dia que eu falei assim: 'Adoro, acho a ficção sensacional', mas eu estava sentindo falta da realidade".

Engana-se quem pensa que "Pacto de Sangue" foi o primeiro trabalho dela como atriz na telinha. Antes, Sandra passou pela Band, onde fez "Bronco" (1987) e "Chapadão do Bugre" (1988). No mesmo ano, foi para a Globo e teve a oportunidade de trabalhar com um dos casais mais famosos de todos os tempos na série "Tarcísio & Glória".

No entanto, o papel na novela de 1989 foi especial. No Instagram, a ex-atriz disse que sua personagem Celeste "era uma abolicionista incrível. De dia pacata e tímida, à noite corajosa e ousada”. "Pacto de Sangue" foi a oportunide que teve teve de trabalhar com nomes importantes da dramaturgia, como Raul Gazolla, Zezé Motta, Othon Bastos, Carla Camurati, Esther Góes, Ruth de Souza, Carlos Vereza e outros.

A novela conquistou seu marco na história da teledramaturgia brasileira e foi a primeira trama que estreou totalmente gravada na Globo. "Pacto de Sangue" foi produzida na intenção de tematizar a escravidão para lembrar os centenários da abolição da escravatura e da proclamação da República no Brasil.

Se atualmente os cabelos curtíssimos são uma das marcas da apresentadora, vale lembrar que nem sempre foi assim. Na publicação, é possível ver que ela usava usava longas madeixas, bem diferente de hoje, o que a torna quase irreconhecível, para quem não conhece sua trajetória na TV.

Carreiras dos famosos

Reações
Compartilhar

Mais conteúdo de interesse