null: nullpx
Filmes Netflix-Zappeando

Mãe de Isabella Nardoni afirma ter sido contra documentário na Netflix: mudou de ideia depois

Ana Carolina Oliveira confessa que ainda é muito difícil falar sobre a perda da filha que tinha 5 anos e chocou o Brasil
Publicado 18 Ago 2023 – 09:58 AM EDT | Atualizado 18 Ago 2023 – 09:58 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
Isabella Nardoni e a mãe, Ana Carolina Oliveira Crédito: Reprodução/Netflix

"Isabella: O Caso Nardoni" estreou no catálogo da Netflix com a intenção de relembrar um dos crimes que mais chocou o país e expor desdobramentos pouco conhecidos das investigações. Ana Carolina Oliveira, mãe da criança que tinha apenas 5 anos, relutou em participar da produção e explicou o motivo. Entenda!

Mãe de Isabella Nardoni relutou em falar em documentário

Em entrevista ao UOL, Ana Carolina confessou que achou o documentário uma boa ideia, mas repensou participar da produção por conta de seus outros filhos, Miguel, atualmente com 7 anos, e Maria Fernanda, de 3.

Isabella foi assassinada em 29 de março de 2008, após voltar de um passeio com o pai, Alexandre Nardoni, e com a madrasta, Anna Carolina Jatobá, sendo arremessada do sexto andar do prédio onde o progenitor morava.

A menina foi encontrada, ainda com vida, pelo porteiro do edifício, mas não resistiu aos ferimentos. O crime ainda é muito doloroso para Anna Carolina, que lutou por justiça durante anos, sofrendo ao relembrar a perda da pequena.

"Quando o Claudio Manoel (codiretor de Isabella: O Caso Nardoni) me procurou para conversar, achei uma boa ideia inicialmente, no sentido de que é a história da minha vida, uma história que marcou e ajudou muitas pessoas".

"Apesar de 15 anos passados, casos de violência contra crianças ainda acontecem. Então, vi uma oportunidade de contar essa história para que a minha filha não fosse nunca esquecida, apesar de que por mim ela nunca será", entregou Anna.

"Depois liguei para o Claudio falando que achava que era muito delicado, que isso ia mexer com feridas, porque hoje isso envolve meus filhos. Tenho um filho de 7 anos que sabe que tem uma irmã mais velha, mas não sabe a realidade dos fatos".

"Aí, eu desisti, mas depois voltei atrás. O meu propósito em aceitar fazer parte desse projeto foi que essa história e tantas outras que não foram contadas não sejam esquecidas", explicou ainda.


A mãe de Isabella ainda lida com a dor e o luto pela perda diariamente. "Óbvio que 15 anos depois toda aquela dor é mais branda, mas ela existe. Eu me tratei muito para chegar ao nível em que estou hoje e poder falar do assunto".

O depoimento de Anna Carolina é um ponto forte do documentário da Netflix, que revela detalhes pouco conhecidos e traz depoimentos inéditos também dos avós de Isabella Nardoni, além de jornalistas, peritos e advogados de defesa.

Para assistir na Netflix

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse