História real que inspirou “Verónica” é ainda MAIS assustadora que ofilme: detalhes tensos

por | jul 10, 2024 | Filmes

Não bastasse a trama de “Verónica” ser sinistra o suficiente, tudo fica ainda mais tenebroso ao descobrir o que há por trás do filme. Afinal, “Verónica” é uma história real? Terror do mesmo diretor de “[REC]”, Paco Plaza, o filme da Netflix se baseia em casos registrados pela polícia espanhola no começo dos anos 90.

Conheça a história real de “Verónica”:

“Verónica”: história do filme

"Verónica" é uma história real

Cena do filme “Verónica” (Crédito: Reprodução/Netflix)

A história se passa em 1991 em Madrid, na Espanha, e começa quando uma adolescente chamada Verónica decide brincar com um tabuleiro Ouija junto das amigas. O objeto dela era conseguir se comunicar com o pai morto, mas ela acaba abrindo as portas para um outro espírito demoníaco, que coloca a vida de sua família em risco.

O filme foi descrito por muitos como um dos mais assustadores do gênero entre produções recentes e ganhou ainda a prequela “Irmã Morte”, que conta a história da freira que aparece em “Verónica”.

“Verónica” é uma história real?

"Verónica" é uma história real

Cena do filme “Verónica” (Crédito: Reprodução/Netflix)

A principal história por trás do roteiro de “Verónica” é a de Estefania Gutierrez, uma garota que morreu em 1992. Os relatórios policiais indicam que a garota morreu alguns meses depois de ter feito um uma “sessão espírita” improvisada, usando um tabuleiro Ouija, junto com outras meninas da escola.

Apesar de a exata causa da morte nunca ter sido esclarecida, os relatórios indicam que Estefânia começou a convulsionar e desenvolver comportamento paranoico, dizendo aos pais que havia uma figura sombria a perseguindo.

A adolescente acabou sendo internada em um hospital e sua saúde se deteriorou com o tempo, até que ela morreu. Os médicos nunca conseguiram diagnosticar exatamente que tipo de doença mental a adolescente tinha.

Caso real de “Verónica” assustou a polícia

"Verónica" é uma história real

Cena do filme “Verónica” (Crédito: Reprodução/Netflix)

Relatos do que aconteceu após a morte da menina tornam a situação ainda mais sombria e controversa. Alguns meses mais tarde, os pais de Estefania chamaram a polícia afirmando que estavam vendo vultos estranhos pela casa e sentindo mãos invisíveis os agarrando.

Segundo o relato, quando a polícia chegou à casa, começou a ouvir barulhos inexplicáveis e alguns dos profissionais disseram ter ouvido o som de pedras rolando no andar de cima, mas não havia ninguém lá. Além disso, outros policiais mencionaram uma foto de Estefania pegando fogo dentro do porta-retrato – cena que foi incluída no filme.

Cena de “Verónica” inspirada em relato real de policiais (Crédito: Reprodução/Netflix)

No longa, estas duas histórias, que aconteceram com meses de diferença, foram unidas em uma só, como se fosse um acontecimento em sequência.

Em entrevista ao “Newsweek“, o diretor do filme, Paco Plaza, comentou que o caso é muito popular na Espanha. Isso se deve especialmente ao fato de ter sido uma rara ocasião em que a polícia registrou algo paranormal em um relatório oficial. “Isso está escrito lá, tem um um selo da polícia, é impressionante”, comentou Plaza.

Cena do filme “Verónica” (Crédito: Reprodução/Netflix)

Filmes e séries