null: nullpx
cenas marcantes novelas-Zappeando

Finais de "O Clone" que são verdadeiros mistérios: público não vai superar esses 3

Publicado 8 Fev 2022 – 03:41 PM EST | Atualizado 8 Fev 2022 – 03:41 PM EST
Compartilhar

Quem já assistiu à novela "O Clone" (ou uma das suas reprises) lembra que o final de alguns personagens permanece um mistério no encerramento da trama. O desfecho do folhetim de Glória Perez, exibido pela primeira vez entre 2001 e 2002, ainda permeia o imaginário dos telespectadores.

Afinal, a autora deixou no ar o que realmente acontece com Regininha (Viviane Victorette), o clone Léo (Murilo Benício) e o cientista Dr. Albieri (Juca de Oliveira). E agora, mais de 20 anos depois, estes enigmas seguem vivos entre os fãs da novela. Confira detalhes!

Finais misteriosos da novela "O Clone"

Dr. Albieri

O médico Albieri, interpretado por Juca de Oliveira, se desespera após a imprensa descobrir que ele fez um clone humano. Depois que Edna, papel de Nívea Maria, bota a boca no trombone, o cientista se sente acuado e foge.

Dr. Albieri fica com medo de ser preso ou linchado pelo que fez, então, embarca para o Marrocos com Léo (Murilo Benício). Na cena final do "criador e da criatura", os dois desaparecem nas areias do deserto e ninguém sabe ao certo o que aconteceu com eles.

Léo

O clone Léo realmente acredita que o Dr. Albieri é seu pai, afinal, foi ele que o criou. O personagem de Murilo Benício deixa a mãe, Deusa (Adriana Lessa) e foge junto com o médico para o Marrocos na reta final do folhetim.

A conexão entre os dois é tão grande que Léo abre mão da sua vida e até seu amor por Jade (Giovanna Antonelli) para seguir Albieri. No deserto, os dois somem juntos e fica o mistério: será que eles morreram?

Regininha

Regininha, interpretada por Viviane Victorette, também desaparece nos últimos capítulos da novela. A amiga de Mel (Débora Falabella) e Nando (Thiago Fragoso) resolve largar o vício em drogas e começar uma vida nova.

No entanto, quando ela procura a mãe para ajudar a mudar sua trajetória, é rejeitada. Sem saber o que fazer, ela some de vez, se tornando mais um enigma na trama de Glória Perez.

O que se sabe é que tanto Mel quanto Nando conseguem ficar "limpos" e abrem uma clínica de reabilitação - batizando o local com o nome de "Regininha", em homenagem à amiga que nunca mais foi vista.

"O Clone"

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse