null: nullpx
the crown-Zappeando

O que é verdade na última temporada de "The Crown" na Netflix? Série tem liberdade criativa

Apesar de ser baseada em fatos reais, a série aposta em adaptações para que a história fique ainda mais atraente ao público
Publicado 21 Dez 2023 – 02:04 PM EST | Atualizado 21 Dez 2023 – 02:04 PM EST
Compartilhar
Default image alt
Elizabeth Debicki é a intérprete da Princesa Diana na última temporada de "The Crown" (2023) Crédito: Divulgação/Netflix

Apesar de ser baseada em fatos reais, a série "The Crown" aposta em algumas liberdades criativas para que a história fique ainda mais atraente ao público. Saiba o que é verdade nos acontecimentos retratados na última temporada da atração, que aborda os eventos que se desenrolaram entre os anos 1997 e 2005:

"The Crown": o que é real na última temporada da série?

Relação entre a Rainha Elizabeth II e Camilla


A aproximação entre Camilla Parker Bowles e a Rainha Elizabeth II ocorreu de forma um pouco mais tardia do que mostrada em "The Crown". Segundo a imprensa britânica, a monarca teria relutado em aceitar a nova namorada de Charles e não fazia questão de esconder do filho seu descontentamento com o relacionamento amoroso.

Noivado de Dodi Al-Fayed


O relacionamento de Dodi Al-Fayed e Kelly Fisher também ganha destaque na última temporada de "The Crown" e mostra com veracidade como o playboy rompeu seu noivado com a modelo para ficar com a Princesa Diana.

Em relatos para a mídia, Kelly já havia confirmado que havia sido pedida em casamento, até mesmo com a promessa da compra de uma casa em Malibu, nos Estados Unidos. Depois de conhecer Lady Di, no entanto, Dodi rapidamente desistiu do noivado.

Diana e os fotógrafos


Assim como mostrado em uma cena de "The Crown", a Princesa Diana realmente mantinha certo contato com alguns dos fotógrafos que a perseguiam, mandava avisos sobre onde estaria e chegava até mesmo negociar com paparazzi a permissão de alguns cliques. Relatos sobre o assunto já foram feitos à mídia por fotógrafos e por Tina Brown, uma das biógrafas de Lady Di.

Acidente que matou a Princesa Diana


A trágica morte da Princesa Diana é um dos fatos mais marcantes mostrados na última temporada de "The Crown" e, assim como na vida real, deixou dúvidas sobre a culpabilidade do motorista que conduzia Lady Di e Dodi Al-Fayed no acidente daquela fatídica noite em Paris, na França.

Após a tragédia, testes toxicológicos revelaram que Henri Paul, o motorista, realmente tinha cerca de três vezes mais álcool no sangue do que o permitido para guiar. Além disso, foram encontrados vestígios de um medicamento que, se misturado com álcool, poderia amplificar os efeitos da bebida.

A culpabilidade do motorista, no entanto, até hoje é questionada. Afinal, não há nada que indique que ele bebia com frequência e, inclusive, ele já tinha finalizado seu turno no trabalho quando supostamente havia começado a beber. O próprio inquérito policial afirma ainda que os resultados dos exames toxicológicos não são inteiramente confiáveis.

Todas as seis temporadas completas de "The Crown" (2016-23) estão disponíveis no catálogo da Netflix para assinantes.

Mais sobre "The Crown"

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse