Quantos livros tem a saga “Bridgerton”: cada publicação foca em um dos irmãos

por | jun 2, 2024 | Séries

Produzida por Shonda Rhimes, série da Netflix é inspirada em saga de nove livros, escrita por Julia Quinn

“Bridgerton” estreou na Netflix em 2020 e se tornou um grande sucesso de audiência, ganhando três temporadas no streaming, onde é produzida por Shonda Rhimes. A série é uma adaptação de “Os Bridgertons”, série de best-sellers escritos por Julia Quinn, que conta a saga da família nobre em nove livros: cada um dedicado para um dos irmãos e um epílogo, ao final, que passa por todas as histórias.

Quantos livros tem a saga “Bridgerton” da Netflix?

 ordem certa para conhecer a história da família Bridgerton começa com o primeiro livro de Julia Quinn, “O Duque e Eu”, que conta a história de Daphne, a mais velha das filhas, em tentativa de tentar encontrar um marido.

Assim como na série da Netflix, Daphne faz um acordo com Simon, o duque de Hastings, que fingiria cortejá-la com o objetivo de atrair pretendentes para ela e se livrar das perseguições das mães para casar com suas filhas.

Simon (Regé-Jean Page) e Daphne (Phoebe Dynevor) (Crédito: Liam Daniel/Netflix)

O segundo livro da saga, “O Visconde que me Amava”, tem foco em Anthony Bridgerton, o irmão mais velho da família, que decide arranjar uma noiva, cortejando Edwina Sheffield, quando se vê obrigado a agradar a irmã dela, Kate Sheffield, por quem acaba se apaixonando. A história também foi seguida pela Netflix para a segunda temporada.

Dando sequência aos livros, “Um Perfeito Cavalheiro”, releitura de “Cinderela”, acompanha a história de Benedict, o segundo irmão mais velho da família, que conhece conhece Sophie, filha ilegítima de um conde, em um baile de máscaras que a jovem tem que deixar às pressas à meia noite.

Kate (Simone Ashley) e Anthony (Jonathan Bailey) em “Bridgerton” (Crédito: Liam Daniel/Netflix)

A Netflix optou por não adaptar o terceiro volume na terceira temporada de “Bridgerton”. A gigante do streaming saltou a história para o quarto best-seller de Julia Quinn, “Os Segredos de Colin Bridgerton”, que foca na história de amor de Colin com Penelope Featherington, depois de longa viagem dele ao exterior.

Dando sequência aos livros, o quinto foi nomeado de “Para Sir Phillip, com Amor”, tendo como protagonista Eloise Bridgerton, a extrovertida segunda filha da família, que começa a trocar cartas com Sir Phillip, viúvo de uma prima distante, quando se apaixonam e resolvem se encontrar pessoalmente.

O sexto best-seller se chama “O Conde Enfeitiçado”, focado em Francesca Bridgerton, que começou a ganhar mais destaque na terceira temporada da série, mostrando o momento em que conhece Michael Stirling, um homem que julgava impossível de se apaixonar, mas se encanta por ela.

Francesca (Hannah Dodd) em “Bridgerton) (Crédito: Liam Daniel/Netflix)

Com foco em Hyacinth Bridgerton, a mais nova das irmãs da família, o sétimo livro de Julia Quinn se chama “Um Beijo Inesquecível”, mostrando a mocinha, em sua quarta temporada de casamentos, sem se impressionar com nenhum dos pretendentes, até cruzar com Gareth St. Clair, neto de Lady Dunbury, que ajuda a desvendar mistérios de sua outra avó.

“A Caminho do Altar”, o oitavo livro da saga Bridgerton, trata do último irmão, Gregory, que sempre acreditou no amor e fica certo de tê-lo encontrado quando conhece Hermione Watson. O problema é que a mocinha está apaixonada por um homem considerado um péssimo partido pela melhor amiga — que ajuda Gregory a conquistá-la.

O último livro se chama “E Viveram Felizes Para Sempre”, mas não trata de um membro específico da família, como os demais volumes, oferecendo epílogos extras para cada um dos irmãos, além de contar mais sobre suas vidas após os eventos dos livros anteriores, incluindo um romance para a matriarca, Violet Bridgerton.

Adaptação dos livros de Julia Quinn, com algumas mudanças na trama, “Bridgerton” está disponível para assinantes na Netflix, com três temporadas que ficam completas em 13 de junho, diante da estreia da segunda parte dos novos episódios.