Criadora de “Orange Is The New Black” não gostou da 5ª temporada e explica o porquê

por | ago 29, 2017 | Séries

Do público aos críticos, todos concordam que a 5ª temporada de ” Orange Is The New Black” foi bastante impactante, mas muito longe de ser uma das melhores da série original da Netflix. Depois do final chocante da 4ª temporada – quando uma das personagens preferidas dos espectadores acabou sendo morta por um guarda de Litchfield –, os novos episódios deixaram muito a desejar.

E parece que essa é uma opinião compartilhada também pela criadora da série, Jenji Kohan, que revelou em entrevista ao The New Yorker que não ficou muito satisfeita com o resultado final.

5ª temporada de “Orange Is The New Black”

Retomando exatamente de onde parou, a 5ª temporada nos levou de volta para o momento controverso nos corredores de Litchfield, onde as decisões tomadas afetaram a todos ali, dentro e fora dos portões. Os novos episódios aconteceram em “tempo real” no decorrer de apenas três dias. Apesar da proposta, o ritmo da série foi bastante lento e a trama foi alvo de duras críticas.

De acordo com a criadora Jenji Kohan e a produtora Tara Herrmann, tudo isso aconteceu por conta de uma mudança no time de roteiristas. “Nós perdemos vários roteiristas que estavam conosco desde o começo. Não foi culpa de ninguém. Apenas uma nova dinâmica. As pessoas ainda estavam apegadas aos personagens como telespectadores, e não como criadores”, contou Kohan. Por isso, ela chegou a descreveu algumas tramas dessa temporada como “fanfics” (histórias criadas pelos fãs).

Netflix

De acordo com o The New Yorker, o time responsável pela idealização da 5ª temporada incluíram pessoas que já haviam trabalhado com sitcoms, um autor de peças, um roteirista que já havia trabalhado em “Bones” e a autora norte-americana Merritt Tierce. Desse grupo, apenas dois profissionais foram confirmados para a próxima temporada de “Orange Is The New Black”. Ou seja, mais uma vez teremos grandes mudanças nos roteiros – será que dessa vez será para melhor?

Apesar de a próxima temporada da série ainda estar bem longe de sua estreia, que acontece somente no 2° semestre de 2018, o The New Yorker destacou que os novos episódios darão atenção para como o governo de Donald Trump impactará na vida das personagens de Litchfield.

Além de tudo, o final da 5ª temporada deixou muitas portas em aberto, já que as detentas foram separadas e enviadas para diferentes prisões dos Estados Unidos. Como será que essa história vai continuar?

Séries Originais da Netflix