null: nullpx
novelas-Zappeando

Quem será Mariana no remake de "Renascer": personagem traumatizou Adriana Esteves

Nova versão da novela de Benedito Ruy Barbosa, escrita por Bruno Luperi, tem estreia prevista para o início de 2024
Publicado 8 Nov 2023 – 09:09 AM EST | Atualizado 8 Nov 2023 – 09:09 AM EST
Compartilhar
Default image alt
Adriana Esteves e Theresa Fonseca Crédito: Globo/Acervo/Fábio Rocha

Exibida pela TV Globo pela primeira vez em 1993, a novela “Renascer” marcou a vida e a carreira de Adriana Esteves. No folhetim de Benedito Ruy Barbosa, a atriz interpretou Mariana, uma jovem que abalava o relacionamento de João Pedro (Marcos Palmeira) e José Inocêncio (Antonio Fagundes), filho e pai na história.

Para o remake, escrito por Bruno Luperi, neto de Ruy Barbosa, a Globo escolheu uma atriz novata, mas que fez sucesso com o público em outra novela recente, "Mar do Sertão". Saiba mais detalhes!

Quem será Mariana no remake de "Renascer"


No remake de “Renascer”, que tem estreia prevista para o início de 2024, a personagem será vivida por Theresa Fonseca (foto acima, já caracterizada), que fez sua primeira aparição em telenovelas interpretado a romântica Labibe, uma nordestina de ascendência árabe em “Mar do Sertão”.

As gravações da novela já começaram em Ilhéus, na Bahia, e a Globo divulgou as primeiras imagens dos protagonistas caracterizados.


Mariana, personagem de Theresa Fonseca, será disputada por João Pedro, vivido por Juan Paiva, e José Inocêncio, interpretado por Marcos Palmeira, recriando a história da disputa entre pai e filho pelo amor de uma mesma mulher na segunda fase da novela.

Na primeira fase de "Renascer", José Inocêncio será interpretado por Humberto Carrão.

Adriana Esteves quase desistiu da carreira após “Renascer”

Apesar de ter feito muito sucesso nos anos 1990, "Renascer" ficou marcada por ter transformado a vida e a carreira de Adriana Esteves.

Depois de estrear nas novelas em “Top Model”, de 1989, a atriz começou a fazer grande sucesso e chegou até a ser apontada como substituta de Regina Duarte como a nova "namoradinha do Brasil”.

Ela parecia ter se consolidado como artista de prestígio da Globo quando, em 1993, interpretou Marina na novela “Renascer”. O folhetim foi elogiado pelo público e pela imprensa, mas o desempenho da atriz recebeu uma enxurrada de críticas negativas.


Chamada de “insossa” e “inexpressiva”, Adriana ficou muito abalada e, traumatizada, teve dúvidas se deveria continuar atuando. A famosa chegou a entrar em depressão, ficou dois anos afastada da TV e até recusou o papel de Babalu, da novela “Quatro Por Quatro”, que acabou ficando com por Letícia Spiller.

Após tratamento médico e muita terapia, Adriana Esteves conseguiu voltar a atuar e fez diversas personagens relevantes que provariam seu talento, como a icônica Carminha de “Avenida Brasil”, por exemplo.


Em entrevista ao site da TV Globo, a atriz falou sobre a importância de “Renascer” para sua vida e sua carreira, admitiu que enfrentou dificuldades e garantiu que, apesar de tudo, colheu bons frutos.

“Essa personagem [Mariana] foi dificílima para mim na época. Tive que me dedicar muito para dar conta do enorme desafio. Mas acho que consegui. Aprendi muito com esse trabalho(...) É uma honra imensa ter sido tão jovem protagonista dela”, declarou.

Remake da novela "Renascer"

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse