Diretor de “A Freira” revela história de terror dos bastidores (e estamos BEM assustados)

por | jul 20, 2018 | Filmes

Se existe algo mais assustador do que um bom filme de terror é, sem dúvidas, que as criaturas que vemos neles se tornem reais. O mundo está dividido entre aqueles que acreditam na existência de fantasmas e aqueles que não – e o diretor de “A Freira”, Corin Hardy, com certeza faz parte do primeiro grupo depois do que ele passou nos bastidores do filme.

Conheça a história por trás das câmeras que provocou mais medo do que a freira de “Invocação do Mal”.

Diretor de “A Freira” viu fantasmas no set de filmagem

A filmagem de uma das cenas em um castelo romeno na Transilvânia deu origem a uma das experiências mais aterrorizantes para o diretor do filme, como revela uma entrevista ao site Cinema Blend.

Durante o painel da New Line na Comic-Con de San Diego, Hardy revelou que estava trabalhando em uma sala com uma única porta, quando ele entrou e viu duas pessoas sentadas ao fundo – mas ele nunca imaginou que elas não fossem reais.

“Quando entrei na sala, vi dois rapazes sentados no fundo da sala. Presumi que eram do departamento de som e falei ‘olá’. E rapidamente me virei de costas para eles. Eu estava olhando para os monitores, assistindo Taissa Farmiga. Era uma cena difícil de dirigir que me levou cerca de meia hora”, iniciou o diretor.

“Então eu estava lá sentado, havia apenas uma porta para sair e entrar naquela sala. Depois, finalmente acertamos a cena. Eu me virei para dizer: ‘Oh, você viu isso? O que você acha?’. E não tinha mais ninguém na sala. Nunca teve”, relatou.

Você também ficou arrepiado por aí?

Se esse relato já nos deixou assim, imagina o filme? “A Freira” chega aos cinemas brasileiros no dia 7 de setembro.

Filmes de terror para assistir

Original Author: Romina Fierro Original Author URL: https://www.vix.com/es/users/romina-fierro
Original ID value: 204995
Original Site: es
Original URL: https://www.vix.com/es/cine/204995/el-director-de-la-monja-vio-fantasmas-en-el-set-y-la-historia-eriza-de-tanto-miedo