Por que o filme “Okja”, da Netflix, mexeu TANTO com as pessoas?

por | jul 25, 2017 | Entretenimento

“Okja” gira em torno da profunda amizade entre uma menina de 14 anos da Coreia do Sul, Mika (Ahn Seo-hyun) e seu superporco Okja. A menina e o animal vivem uma vida tranquila entre as montanhas coreanas, até que Dr. Wilcox (Jake Gyllenhaal) seguindo ordens da executiva Lucy Mirando (Tilda Swinton) leva Okja, que é um porco geneticamente modificado por sua empresa e criado na Coreia por dez anos, até que chega sua hora de ir para o matadouro.

Quando tiram de Mika sua única amiga, ela decide viver a aventura de sua vida e ir para Nova York para tentar resgatá-la das mãos de Lucy Mirando. No caminho, ela vai se deparar com a Frente de Libertação Animal, liderada por Jay (Paul Dano) e K (Steven Yeun), que decidem ajudá-la em sua missão.

Filme aborda tema delicado e cultural

Netflix

Apesar de começar com uma dinâmica entre humano e animal muito tranquila, ao estilo “Baby, o porquinho atrapalhado”, o filme “Okja” aborda as polêmicas sobre a produção animal para indústria de comida, se revelando um filme que vai te cativar, mas também abrir seus olhos sobre contradições de muita importância. Claramente, o filme toca em questões como a crueldade animal ou as diferenças culturais e até que ponto o desejo e a sobrevalia da espécie humana pode prevalecer sobre as outras.

Além disso, em essência, “Okja” é um filme profundamente anticapitalista. É pró-resistência, cidadão, ativista e, assim como muitas organizações de defesa, a Frente de Libertação Animal está tão apegada a doutrinas internas que são comuns ao ativismo, que acaba sendo contraditória em alguns momentos na tentativa de impor sua visão que é de uma minoria.

Poucas produtoras teriam permitido que Bong Joon-ho executasse sua visão de diretor tal e como queria, talvez por isso a Netflix tenha sido a melhor escolha para este filme. E embora os críticos de mídia mais exigentes tenham se apegado a alguns erros cometidos pela produção e que não podem ser ignorados, muitos partilham as suas opiniões sobre a intenção do filme de forma bastante positiva.

É quase impossível conter a emoção que o filme causa, por uma criatura que nem existe na natureza. O que faz muita gente repensar hábitos alimentares adotados sem muita reflexão a respeito da origem, manejo e tratamento animal.

A própria Netflix fez um vídeo sobre a repercussão:

https://www.facebook.com/netflixbrasil/videos/1519546178102170/

Veja algumas reações após assistir Okja:

https://www.instagram.com/p/BWc0sqRFsIQ/

Outras sugestões de filmes na Netflix