“Nada foi em vão”: ex-mulher de Chorão emociona com texto tocante sobre o cantor

por | mar 6, 2018 | Entretenimento

https://www.instagram.com/p/BZQqiO9FOS6/?taken-by=graziela_goncalves

Em 6 de março de 2013, a notícia da morte de Alexandre Magno Abrão chocou e entristeceu o Brasil. Líder da banda Charlie Brown Jr., Chorão, um dos maiores nomes do rock brasileiro da geração, foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo. Cinco anos depois, a memória do música ainda é lembrada e querida não só pelos fãs, mas por sua ex-esposa.

Graziela Gonçalves, companheira de Chorão por mais de 20 anos e musa inspiradoras de músicas da banda, como “Proibida Pra Mim”, publicou um texto em homenagem ao artista.

Homenagem para Chorão

https://www.instagram.com/p/Bf-oIAgFQ4W/?taken-by=graziela_goncalves

“Lembra daquela estrela? Aquela mais brilhante, pra quem a gente pediu tantas coisas numa noite de verão e que virou tatuagem na nossa pele? É pra ela que eu olho quando eu quero falar com você . A luz é toda sua. Tenho certeza que você escuta. Não só a mim, mas a tantas pessoas que levam o teu nome nas orações que mandam pro céu. E assim você se torna eterno. Pra sempre gravado no coração de todos que te amaram e ainda te amam e que tem a certeza de que nada foi em vão”, escreveu Grazon, como era chamada pelo músico.

Livro sobre Chorão

Nas redes sociais, Graziela contou também que está trabalhando em um livro sobre o cantor – mais especificamente, sobre os vinte anos que passou ao lado dele. A obra já tem título: “Se Não Eu Quem Vai Fazer Você Feliz”, uma referência ao refrão da música “Proibida Pra Mim”.

“Não fazia a menor ideia da viagem profunda que seria escrever sobre os quase vinte anos da minha vida ao lado do Alê. Lembrar cada parte dessa história tem me levado para muitos lugares maravilhosos, mas também por outros não muito fáceis de falar a respeito. Tem sido a melhor terapia de cura que eu já fiz e um aprendizado que vai ficar comigo pra sempre”, escreveu.

https://www.instagram.com/p/BcEzKONFzh7/?taken-by=graziela_goncalves

Com previsão de lançamento para julho, o livro será publicado pela editora Companhia das Letras. “Aos poucos vai se aproximando a hora em que vou finalmente dividir com o mundo tudo isso e me dá um baita frio na barriga. Só tenho a agradecer ao universo por ter me dado tantos presentes, ao Alê por ter sido o meu parceiro amado nesse rolê e a todos vocês, a quem eu tenho o prazer de falar e escrever hoje”, declarou Graziela.

Mortes na música brasileira