Marmita da Bela Gil tem alimentos diferentes da maioria das dietas; veja foto e detalhes

por | jun 30, 2016 | Entretenimento

Adepta de refeições que considera “comida de verdade”, a chef e nutricionista Bela Gil sempre aposta em preparações muito bem equilibradas e completas. Na hora de fazer a marmita não poderia ser diferente. “Sempre me preocupo em colocar uma saladinha ou conserva, legumes e verduras cozidos, uma proteína e um carboidrato”, explica.

Leia também:
Cuscuz de tapioca da Bela Gil: aprenda a receita saudável
Desodorante caseiro: receita baratinha da Bela Gil
8 conselhos da Bela Gil que detonam tudo que você sabia

No seu perfil do Instagram, Bela compartilha algumas sugestões de cardápio e receitas que também são apresentadas no seu programa da Gnt, o Bela Cozinha.  E foi lá que ela mostrou qual o seu tipo ideal de marmita. “Numa produção pré viagem, essa marmita me oferece tudo o que preciso com muito sabor!”, comenta a filha de Gilberto Gil.

Quer saber o que contém e quais seus benefícios?

Salada
Dessa vez, Bela escolheu uma mistura de cenoura e repolho ralados com pepino em rodelas. As cenouras são ricas em betacaroteno, que é convertido em vitamina A no fígado.

O repolho é fonte de vitaminas A e C, rico em nutrientes que fazem muito bem para a pele, para os olhos e para o coração. Devido à presença de selênio, auxilia no bom funcionamento do sistema imune. E o pepino contém esteróis que são conhecidos por reduzir o nível do mau colesterol no sangue.

Legumes refogados
A alface é uma verdura altamente nutritiva. A maioria das pessoas está acostumada a consumir as folhas cruas, mas em muitas culinárias orientais, a alface é cozida e até frita. É uma excelente fonte de carboidratos, fibras e proteínas. Além de vitaminas e minerais, como vitaminas A, B, C e K, cálcio, magnésio, ferro, potássio e fósforo.

Já o agrião, possui grande quantidade de vitamina C e do complexo B, antioxidantes, bioflavonoides e outras substâncias que protegem contra certos tipos de câncer, principalmente os do aparelho digestório.

Feijão
O alimento rico em proteínas vegetais também é recheado de sais minerais, como potássio, fósforo e cálcio. Quando Bela adiciona outros vegetais leguminosos para cozinhar com o feijão, como jiló, chuchu ou inhame, potencializa ainda mais o poder nutricional do feijão.

Farofa
Como qualquer baiana, Bela adora adicionar farofa às suas refeições. Se você cuidar com a dose e preferir prepará-la com farinha de mandioca, ela é boa fonte de carboidratos, pois é rica em sais minerais, como o cálcio, ferro e fósforo. Além de possuir vitaminas do complexo B e grandes quantidades de potássio. Também é uma excelente fonte de fibras vegetais, que ajudam no bom funcionamento do intestino e é rica em amido. Outra grande vantagem é não possuir glúten.