null: nullpx
copa do mundo-Zappeando

Quem é Ary Borges, da Seleção Brasileira? Estreante está vivendo sonho nos mínimos detalhes

Ao marcar três dos quatro gols da estreia do Brasil na Copa do Mundo de 2023, Ary se tornou a nova queridinha da seleção
Publicado 24 Jul 2023 – 10:44 AM EDT | Atualizado 24 Jul 2023 – 10:44 AM EDT
Compartilhar
Default image alt
Ary Borges Crédito: Sarah Reed/Getty Images

Logo em sua estreia em uma Copa do Mundo e na primeira partida do Brasil no mundial, Ariadina, mais conhecida como Ary Borges, balançou a rede do Panamá três vezes, brilhou em campo e se tornou um dos nomes mais comentados da Seleção Brasileira.

Maranhense, a autora de três dos quatro gols feitos pelo Brasil na primeira partida do mundial tem apenas 23 anos, mas carrega uma carreira de peso nos ombros – e, segundo familiares, está concretizando em detalhes um sonho no qual acredita desde muito nova. Saiba mais sobre a jogadora:

Quem é Ary Borges, estrela da 1ª partida do Brasil na Copa de 2023


Nascida Ariadina Alves Borges, Ary Borges não tinha, até os dez anos de idade, pretensão de se tornar jogadora de futebol. A jogadora foi criada pela avó em São Luís do Maranhão e, na infância, teve de se mudar para São Paulo, ocasião em que acabou, finalmente, conhecendo os pais.

Apesar de não ser um sonho dela, a relação entre Ary e o pai, Dino, se estreitou com o incentivo dele para que ela praticasse futebol. Logo, ela chegou até o Centro Olímpico, clube que a formou.


Com passagens impactantes pelo São Paulo e pelo Palmeiras, ela hoje atua pelo Racing Louisville, time nos Estados Unidos, e agora ganha destaque como um dos principais pilares da seleção. Com seu gol de estreia, ela se tornou a quarta jogadora do Brasil a fazer um hat-trick – e a mais jovem a conseguir isso.

Após o primeiro gol, a meio-campista chorou muito e emocionou o público, sendo acompanhada pela família que, quem casa, também ficou em lágrimas com a sequência de pontos da estrela.


“O segundo gol eu acho que passou todo um filme na cabeça, de como começou, a luta, a dificuldade de ir pro treino... Foi um filme que passou rápido, mas eu soube perceber que realmente está acontecendo. Plantamos – e agora estamos colhendo”, disse o pai de Ary em entrevista à TV Globo.

Na sequência, o pai de Ary Borges comentou ainda que a incentivava a jogar com os meninos e sempre teve muito orgulho do fato da filha se interessar pelo futebol. Além disso, ele contou ainda que o cenário atual da carreira de Ary é algo que ela “previu” há muitos e muitos anos.


“Ela tinha falado isso pra mim, bem novinha ainda. Falou: ‘Pai, vou jogar na Seleção Brasileira e vou jogar com a Marta’”, disse ele sobre a filha, que também surgiu maravilhada na televisão após a partida. "Nem nos meus melhores sonhos. Foi um dia muito especial, um misto de emoções. Fiquei feliz, ansiosa, chorei, fiquei pensando no que poderia fazer na partida, nunca imaginei que seria da forma que foi", afirmou.

Copa do Mundo feminina

Compartilhar

Mais conteúdo de interesse